As mulheres têm um papel preponderante na construção do futuro da Bahia”, diz ACM Neto

O presidente nacional do Democratas, ACM Neto, afirmou neste sábado (24) que as mulheres têm um papel preponderante na construção do futuro da Bahia, ao participar do primeiro evento do movimento Move Mulher Empreendedora, em Periperi. Liderado pela vereadora de Salvador Roberta Caires, o Move Mulher tem como objetivo dialogar com o público feminino de todo o estado, de forma a estimular a potência produtiva delas e movimentar a economia baiana.

“Eu quero fazer um chamado às mulheres de todo o nosso estado: vocês têm um papel preponderante na construção desse futuro, esse futuro tem que ser liderado pelas mulheres. As mulheres precisam estar na linha de frente da construção do futuro da nossa Bahia. O propósito do Move Mulher é exatamente isso, de movimentar, agitar, de provocar no bom sentido, de convidar as mulheres a trazerem a sua contribuição, a sua visão”, ressaltou Neto.

Segundo ele, o Move Mulher terá o empreendedorismo, a inclusão econômica, a empregabilidade, como temas principais. “Todo esse debate vai ter um foco: como podemos construir um projeto de futuro em que a mulher tenha espaço, respeito e condições de trabalhar com dignidade para sustentar a sua família, para ser feliz e realizar os seus sonhos”, destacou.

O presidente do Democratas citou as diversas dificuldades enfrentadas pelas mulheres na Bahia. Neto lembrou do aumento, durante sua gestão em Salvador, das vagas na educação infantil, que saltou de 17 mil em 2013 para mais de 44 mil no ano passado.

“Essa mulher que sofre muitas vezes porque não tem uma creche para deixar o seu filho. E eu tenho visto isso no interior. A gente mudou essa realidade em Salvador, por tudo que pudemos oferecer na educação infantil, em creche e pré-escola. Mas eu vejo a dor e o sofrimento da mulher no interior, que não tem como deixar o seu filho numa creche ou numa pré-escola. Eu vejo a dor e sofrimento da mulher que deseja poder trabalhar para sustentar com dignidade a sua família, mas não tem oportunidade”, frisou.

“Nós vamos conversar com as mulheres de toda a Bahia para entender a sua realidade, para compreender os seus problemas, mas acima de tudo para trazer propostas pro futuro. Como é que a gente vira esse jogo? Como é que a gente muda essa realidade? E como é que a gente oferece oportunidade de verdade para as mulheres? Aliás, esse é o desafio da como um todo”, continuou Neto.

ACM Neto ainda reafirmou que a Bahia é um estado com muita desigualdade social, pobreza e diferença. “Quando a gente olha pro futuro, qual é o nosso principal desejo, a nossa grande aspiração? Mudar a base econômica da Bahia, oferecer uma nova realidade de desenvolvimento pro nosso estado. A gente olha para os últimos anos, a Bahia perdeu a liderança que sempre teve no Nordeste, perdeu posições em termos de Brasil. E eu não vou me contar com nada diferente do que a gente ser líder, estar na frente, dar exemplo”, finalizou.