Vereador Ricardo Babão defende união de vereadores para aumentar ações de combate ao feminicídio

Na sessão da Câmara Municipal, o vereador Ricardo Babão (PCdoB) pediu para se intensificar o debate sobre os casos de feminicídio. Ele frisou que o assassinato de Sashira Camilly é o caso mais recente, mas existem outras vítimas. Babão propôs um debate sobre o tema para o dia 1º de outubro e pediu a união da Casa para criar ações de combate e prevenção a este tipo de crime. Ele ainda parabenizou o colega Delegado Marcus Vinicius (Pode), que vem atuando no caso de Sashira Camilly. 
O vereador lamentou as mortes de mãe e filho morreram após um incêndio atingir uma casa, no bairro Bruno Bacelar. As vítimas foram Sara de Jesus, de 33 anos, e Davi Miguel Jesus, de 5. Babão é amigo da família. Ele parabenizou o Centro de Referência de Assistência Social (CRAS), do Bruno Bacelar pelo atendimento à família das vítimas. 
Em sua fala, o parlamentar destacou a realização de uma audiência sobre trânsito e mobilidade urbana nessa quinta, na Casa. Ele parabenizou o vereador Orlando Filho (PRTB) pela autoria da audiência. Babão ressaltou que seu mandato realizou uma audiência para promover o ciclismo. Ele pediu mais investimento em ciclofaixas e lembrou que o ex-prefeito Guilherme Menezes foi quem mais investiu nesse segmento, tendo destinado recursos quando foi deputado federal.
O edil ainda comentou as críticas de colegas ao ex-presidente Lula. Para ele, Lula é mais lembrado pelos apoiadores de Bolsonaro do que o próprio atual presidente.