Adinilson cobra intérpretes de Libras em eventos oficiais de Vitória da Conquista

Durante a Sessão Ordinária  realizada na Câmara Municipal de Vitória da Conquista, o vereador Adinilson Pereira (MDB) cobrou a presença de intérprete de Libras (Linguagem Brasileira de Sinais) durante as sessões legislativas e eventos oficiais. O vereador lembrou que essa é uma obrigação do município, prevista na Lei 2.230, de 4 de junho de 2018.

“O tema da inclusão está sendo muito discutido em nossa cidade, pois devemos oferecer às pessoas surdas, condições para que essas pessoas participem dos eventos oficiais em Conquista”, afirmou o vereador. Para Adinilson, o intérprete de Libras é uma ferramenta poderosa para inclusão de pessoas com deficiência auditiva, visando à inserção delas na vida produtiva, cultural, educativa, social e política.

O vereador ainda falou da Lei que trata sobre a inclusão de pessoas com espectro autista em Vitória da Conquista. Ele cobrou o cumprimento da Lei que trata desse assunto, solicitando a sinalização de atendimentos a autistas em estabelecimentos comerciais da cidade. “Precisamos obedecer todas essas leis”, afirmou o vereador.