OUTUBRO ROSA – Lubrificantes podem auxiliar no autoexame das mamas

De acordo com estimativas do Instituto Nacional do Câncer (INCA), mais de 65 mil mulheres serão diagnosticadas com câncer de mama este ano no Brasil. Uma das técnicas de prevenção utilizadas para detectar alterações que podem ser indicadores da doença, uma das mais comuns entre as mulheres no mundo, é o autoexame. Você sabia que os lubrificantes podem auxiliar nesse processo?

 

Os produtos, comumente vendidos em boutiques sensuais, são usados para a lubrificação ou para incrementar a diversão com sex toys mas, apesar dessa função principal, alguns possuem alto poder de deslizamento e podem ser utilizados para os cuidados da saúde de mulheres e também dos homens (que também podem ser acometidos pela doença, embora seja raro) porque podem ajudar na descoberta de alterações na mama durante o autoexame e facilitar o diagnóstico precoce do câncer.

 

“O Inti Loob (hot flowers) e o Comfort Lub (La Pimienta), por exemplo, apresentam uma viscosidade incrível e evaporação retardada. Assim, por não secarem rápido e facilitarem bastante o deslizamento dos dedos sobre a pele, esses lubrificantes podem ser aplicados e espalhados durante o banho nas mamas e facilitar a realização do autoexame. Além disso, mesmo não sendo siliconados (que tendem a apresentar resistência à água), ambos não se diluem facilmente, em razão da super viscosidade”, explica Eveline Santos, diretora da Eva Sex Shop.

 

É importante destacar que o procedimento, apesar de ser importante, sobretudo para que as mulheres conheçam detalhadamente suas mamas, não substitui os exames clínicos feitos por médicos e especialistas para detecção precoce da doença.

 

Lu Amâncio Assessora de Comunicação