WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia






Entre as cidades do Nordeste com mais de 200 mil habitantes, Vitória da Conquista é o município com menor taxa de mortalidade

Um dos principais sites de notícia de Pernambuco, o Diário de Pernambuco, apresentou  um ranking que coloca Vitória da Conquista, entre as grandes cidades, como a que possui a menor taxa de mortalidade por Covid-19 no Nordeste. Apesar de todo sentimento de pesar pelo falecimento de cada cidadão do município, esse resultado indica que, se não fossem as medidas rápidas e rigorosas adotadas há três meses pela Gestão Municipal, hoje, provavelmente, a população lamentaria a morte de um número maior de pessoas.

O levantamento do site levou em consideração os dados até o dia 22 de junho das grandes cidades nordestinas, com mais de 200 mil habitantes. Entre os 29 municípios pesquisados, Vitória da Conquista aparece com a menor taxa de mortalidade: 3,8 óbitos por 100 mil habitantes. Petrolina, em Pernambuco, fica em segundo lugar, com 6,3 mortes por 100 mil moradores, o que significa 2,5 mortes a mais do que o nosso município.

Comparando Conquista com outros municípios da Bahia que aparecem na relação, percebe-se a grande diferença: Juazeiro está em terceiro lugar com 6,7 mortes por 100 mil, Feira de Santana em quarto com 6,9 por 100 mil. Já Camaçari possui uma taxa de 10,3 por 100 mil, enquanto que Itabuna, o nono município do Nordeste com menor taxa de mortalidade, possui 28,5 óbitos por 100 mil habitantes.

O prefeito Herzem Gusmão lamenta que a pandemia tenha feito vítimas fatais em nossa cidade: “Quando limitamos o comércio aos essenciais e fechamos instituições de ensino, buscamos romper a circulação do vírus. Me solidarizo com cada família enlutada”, afirmou o prefeito. Gusmão disse ainda que “todas as ações e protocolos desenvolvidos por nossa equipe, até o momento, evitaram que o número de vítimas fosse maior. Nosso trabalho no enfrentamento à COVID-19 tem se mostrado muito efetivo. Agradeço a Deus que com as ações tomadas, Conquista tenha, proporcionalmente, o menor número de casos confirmados da COVID-19. É preciso dizer, ainda, que o nosso índice de testagem é maior do que o recomendado pelas autoridades de saúde. Com as bênçãos de Deus, seguiremos assim, ampliando a testagem e salvando vidas”.

error: Content is protected !!